30/09/2018

Foto: Karina Dantas

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas (Adufal) e sua base docente participaram do ato público na tarde deste sábado (29), em Maceió, em defesa da democracia e contra o fascismo, a homofobia, a misoginia, o racismo e toda propagação de ódio. A manifestação, que teve natureza suprapartidária, reuniu mais de 40 mil pessoas, segundo a organização do evento.

Confira todas as fotos do evento clicando aqui.

"O dia de hoje, organizado como movimento #eleNÃO, teve, desde sempre, um caráter suprapartidário, indo além dos partidos e suas bandeiras específicas. Foi um movimento nacional, mas que reverberou internacionalmente. A Adufal é entidade classista, somos educadores, professores e temos o dever político, não partidário, de defender tais ideais. Nossa diretoria honra essa história! Estamos, a meu ver, cumprindo nosso dever enquanto entidade ao somar força numa luta gigante por nossa democracia, por nossa liberdade", disse a professora Ana Vergne no dia do ato.

O ato foi organizado pelo movimento feminista e LGBTQI+ e contou com a colaboração de diversos outros movimentos entre os quais o quilombola, indígena, do campo, estudantil, sindical, entre outros.

Com concentração no Alagoinhas, na Ponta Verde, o protesto seguiu pacificamente até o Posto 7, na Jatíuca, onde ocorreram apresentações culturais de música, dança, poesia e performances.

 

Fonte: Karina Dantas - Ascom Adufal

  • Rua Dr. José de Albuquerque Porciúncula, 121 Farol Maceió-AL
    57051-345
    seg á sex 09:00 às 18:00

    Visualizar no mapa

  • Sede Farol

  • (82) 3241-1880

  • (82) 3241-1662

  • (82) 9.9992-6899

  • CIC

  • (82) 9.9953-0275


2018

Adufal - Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas

Acesso Webmail