23/05/2022
Atualizada: 23/05/2022 15:38:51


A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas (Adufal) expressa sua solidariedade à greve dos/as servidores/as do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), aprovada na tarde da quinta-feira (19) durante assembleia geral extraordinária, realizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Federais da Educação Básica e Profissional no Estado de Alagoas (Sintietfal).

Sem reajuste salarial há mais de 5 anos, a categoria dos servidores públicos federais luta pela reposição salarial emergencial de 19,99%, referente às perdas nos três primeiros anos de governo Bolsonaro. A defesa do serviço público, o arquivamento da reforma administrativa (PEC 32/2020) e a revogação da Emenda Constitucional nº 95 também são reivindicações da categoria.

Os/as servidores/as do Ifal integram agora a greve nacional do Sindicato Nacional dos/as Servidores/as Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), juntando-se ao Sinasefe IFMG, Sinasefe IFBA, Sindsifpe e Sinasefe IF Sul. Há também greves já aprovadas no Sinasefe IFPA, ETRB e Ciaba, e no Sinasefe IFMS.

Desse modo, considerando justa e legítima a decisão de deflagração de greve dos servidores e servidoras do Ifal, a Adufal reafirma seu apoio aos trabalhadores/as, ressaltando seu compromisso na luta em defesa dos direitos dos servidores públicos federais, pela recomposição salarial, pelo arquivamento da reforma administrativa e revogação da Emenda Constitucional nº 95.


2022

Adufal - Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas

Acesso Webmail