23/12/2020


A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas (Adufal) e o Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sintufal) ajuizaram Ação Civil Pública, nesta quarta-feira (23), com o objetivo de que seja corrigido o reajuste abusivo determinado pela Geap - Autogestão em Saúde, nos planos sem coparticipação para o ano de 2021.

A Adufal noticiou em outubro deste ano o reajuste da Geap para os planos Saúde Vida, em 45,58%, e Referência Vida, em 14,41%, conforme a Carta/GEAP/DIREX nº 149/2020. Na ocasião, as entidades de classe informaram que já estavam analisando juridicamente o caso, para em breve ajuizar demanda coletiva preventiva com o objetivo de evitar que se implemente, no início do próximo ano, insustentável situação para os servidores. 

O pedido é para que o reajuste tome como parâmetro o percentual adotado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para os planos individuais, já que a agência não tem ingerência direta sobre os reajustes implementados nos planos coletivos, ou, alternativamente, adote o valor da inflação apurada para o ano.

“Contamos com o senso de justiça do magistrado competente, para que se afaste o absurdo reajuste que impossibilita a manutenção, por muitos servidores, de seus planos de saúde, especialmente os mais idosos, que mais sofrerão com as alterações”, relata o presidente da Adufal, Jailton Lira.

A Adufal e o Sintufal acompanharão o processo e manterão os/as associados/as informados de quaisquer atualizações.

Fonte: Ascom Adufal

  • Rua Dr. José de Albuquerque Porciúncula, 121 Farol Maceió-AL
    57051-345
    seg a sex 09:00 às 18:00

    Visualizar no mapa

    Unidade CIC - Ufal
    seg a sex 09h às 13h, 14h às 18h

  • Sede Farol

  • (82) 3241-1880

  • (82) 3241-1662

  • (82) 9.9992-6899

  • (82) 9.8176-3637

  • CIC

  • (82) 9.9953-0275


2021

Adufal - Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas

Acesso Webmail